Apresentação do Curso

14 OUT
a
16 OUT

CURSO EAD: ASSISTÊNCIA SOCIAL NA LINHA DE FRENTE DO ENFRENTAMENTO DA COVID-19 NOS MUNICÍPIOS E OS DESAFIOS PARA O PÓS-PANDEMIA


EAD - Ensino a Distância, no local escolhido pelo participante. Das 9h às 12h e das 14h às 17h
Data: 14, 15 e 16 de outubro de 2020

Carga horária on-line: 20 horas
 

Horário
 

Manhã: Das 9h às 12h (INTERVALO das 10h às 10h15)

Tarde: Das 14h às 17h (INTERVALO das 15h às 15h15)

 
Investimento:

Até 10 participantes R$ 529,00 por aluno

De 11 a 20 participantes R$ 476,00 por aluno

De 21 a 50 participantes R$ 428,00 por aluno

Acima de 51 participantes R$ 385,00 por aluno

 
Apresentação:

 
A pandemia do Coronavírus é o maior desafio contemporâneo. E seus efeitos são heterogêneos e notadamente devastadores em populações que moram em áreas urbanas, mas também no desafio do atendimento das comunidades rurais.

Assim, a atividade de capacitação possibilitará o debate aos trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social nos municípios do Rio Grande do Sul, gestores municipais, prefeitos e demais interessados em debater a política de assistência social no enfrentamento da Covid-19. e nos desafios para o pós-pandemia.

A organização e promoção do evento é realizado por uma parceria entre IBRASP – Instituto Brasileiro de Seleção Pública e da FAMURS – Federação das Associações Municipais do Rio Grande do Sul.
 

Objetivos:

Objetivo geral:

• Oferecer momentos de reflexão, trocas de experiências, abordagens teóricas e vivências para os trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social - SUAS nos municípios do Rio Grande do Sul, gestores municipais, prefeitos e demais interessados em debater a política de assistência social como linha de frente do enfrentamento da Covid-19 nos municípios e os desafios para o pós-pandemia.

 
Objetivos específicos:

• Refletir sobre as medidas futuras que os municípios, as regionais e os demais entes federados, juntamente com toda a população, deverão tomar, de modo a antever situações ainda mais agravadas com a pandemia, que exigirão respostas para que se assegure o direito à assistência social;

• Apoiar a elaboração de um diagnóstico regional a partir dos indicadores antes e pós pandemia, bem como desvendar os principais impactos e desafios que estarão na ordem do dia dos gestores municipais;

• Discutir os aspectos do funcionamento da rede sócio assistencial no período da pandemia, bem como os desafios para o pós-pandemia, principais gargalos e o enfrentamento do aumento da vulnerabilidade nos municípios;

• Refletir sobre o papel da assistência social durante e pós pandemia, considerando especificidades dos públicos locais;

• Analisar o orçamento da política de assistência social nos governos federal, estadual e municipais.
 

Resultados esperados:

• Proporcionar aos municípios gaúchos um processo de preparação e reorganização da política de assistência social pós pandemia, mapeando os desafios e demandas principais para o período pós-pandemia.

• Articular o papel do Sistema Único de Assistência Social – SUAS, em especial nos municípios, com o aumento das demandas sociais e vulnerabilidade econômica e social da população.
 

Metodologia:

• Vídeo aulas interativas, através de ambiente virtual on-line onde há interação dos participantes entre si e com o professor;

• Material de aula: Todas as aulas terão apresentações em PPT, que serão disponibilizados aos alunos, indicando bibliografias complementares;

• Plantão tira-dúvidas: espaço de atendimento individual aos municípios, podendo avaliar as especificidades e temas de maior demanda, que possam contribuir para o fortalecimento da política de assistência social;

• Lives interativas: com convidados que possam apresentar experiências exitosas na assistência social, demonstrando o impacto no atendimento, na vida dos trabalhadores e na implementação dos programas e projetos específicos.

 

Programa da Atividades:

• A pandemia do novo Coronavírus revela indicadores já existentes no Brasil, ampliando ainda mais a vulnerabilidade e as desigualdades sociais e econômicas (3h de aula online);

• A condição da política de assistência social no Brasil, no Estado do Rio Grande do Sul e os indicadores regionais (3h de aula online);

• Trabalhadores e Trabalhadoras do Sistema Único de Assistência Sociais – as demandas e desafios dos profissionais - (Live com convidado) – 1h;

• Programa da Atividades:

• Usuários da assistência social nos municípios – ampliação do público a ser atendido e novas demandas apresentadas pelos usuários (3h de aula online);

• Os desafios de trabalhar com populações específicas – Quando a política de assistência social exige novas respostas e instrumentos de trabalho dos profissionais do SUAS; (3h de aula online);

• O caminho do desfinanciamento da política de Assistência Social e o papel do controle social (3h de aula online)

• Políticas de Transferência de renda no Brasil: Bolsa Família, Renda Básica Emergencial e os caminhos que se desenham para o redesenho da renda permanente no Brasil. (3h de aula online);

• Em rede podemos multiplicar boas experiências – a troca de experiências (Live com convidado) – 1h;

• Tira-dúvidas com os municípios, dependerá da demanda individual, gerando reuniões individuais com o demandante.
 

Ministrante:

PAOLA LOUREIRO CARVALHO - Assistente Social, Especialista em Gestão de Políticas Públicas na perspectiva de gênero e promoção da igualdade racial, Mestranda da Faculdade de Economia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural – PGDR. Investigando a ação da burocracia na rua como forma de manter as condições de subordinação dos mais vulneráveis, no que tange a implementação do Cadastro Único para Programas Sociais. Diretora de Relações Institucionais e Internacionais da Rede Brasileira de Renda básica - RBRB. No Governo do Rio Grande do Sul, coordenou o RS Mais Igual, programa de transferência de renda, que atendeu 100.000 famílias de 2011 a 2014. Coordenando com a UFRGS, o Observatório de Políticas Sociais, como forma de garantir o monitoramento da implementação dos programas de combate à extrema pobreza no estado.