Famurs Pelo Rio Grande leva informação sobre elaboração de currículos escolares para

22/03/2019

Na primeira semana de interiorização, o projeto Famurs Pelo Rio Grande visitou quatro municípios gaúchos.

Nos eventos, o funcionamento da rede de apoio técnico criada pela Famurs e pela Confederação Nacional dos Municípios para elaboração dos currículos escolares foi o tema de debate. A interiorização iniciou na última terça-feira (19/3) em Cerro Largo. Na quarta-feira (20/3), o encontro aconteceu em Três Passos, no dia 21 em Seberi e nesta sexta-feira (22/3), no município de Carazinho. De acordo com Diego Lutz, mestre em educação e ministrante da palestra “A base curricular gaúcha: como organizar o currículo no município”, os encontros trataram do processo de construção do referencial curricular gaúcho. Ele explica que cada um dos municípios vai ter que trabalhar na elaboração de seu documento curricular com base nas diretrizes da base nacional e do referencial gaúcho. “Vamos constituir grupos de trabalho que vão dar apoio às 27 regionais levando formação para multiplicadores com a parceria com universidades e coordenadorias de educação”, informou. O objetivo dos grupos de trabalho é dar apoio técnico para orientar a elaboração dos currículos nos municípios atendendo a nova legislação. Lutz explica que a base curricular comum tem a meta de estabelecer conteúdos básicos a serem ensinados em todo o país, mantendo espaço para a chamada base diferencial, que permite a Estados e municípios incluir conteúdos de interesse local e regional. Segundo o coordenador pedagógico do Famurs pelo Rio Grande, professor Dr. Itamar Baptista Chagas, que acompanhou a elaboração do referencial curricular gaúcho, “estamos levantando informações sobre as dificuldades dos municípios em elaborar seus documentos curriculares para que concluam dentro do prazo e até outubro remetam aos conselhos municipais para aprovação e posterior atualização dos regimentos escolares e projetos político-pedagógicos”, informou. A programação do Famurs pelo Rio Grande, que tem o patrocínio do Banrisul, também prevê a apresentação da 3º edição do Prêmio Boas Práticas da Famurs, lançado pela Federação durante a Assembleia de Verão. O coordenador das áreas de educação e cultura da Famurs, Itamar Baptista Chagas, apresentar a honraria que será entregue a prefeituras que tenham desenvolvido práticas bem-sucedidas em 10 áreas: agricultura, assistência social, comunicação social; cultura, turismo e lazer; educação; fazenda; meio ambiente; saúde; segurança pública e mobilidade urbana; e trânsito. As administrações municipais podem inscrever até o dia 26 de abril projetos que tenham sido desenvolvidos entre janeiro de 2018 e fevereiro de 2019. O objetivo do Prêmio é estimular o intercâmbio e a troca de experiência nos municípios gaúchos, respeitando a diversidade local. A honraria recebe igualmente o patrocínio do Banrisul.